Instituto ALIANÇA LIVRE, OAB-DF e ESA buscam cooperação para debates, em torno de reforma política e eleitoral

Em 23 de agosto, o Diretor do Centro de Estudos, Luiz Carlos Ballock, e o Assessor de Relações Institucionais, João Leal Neto, do Instituto ALIANÇA LIVRE, estiveram em reunião com o Secretário-Geral da OAB-DF, Lincoln de Oliveira. O objetivo é a instalação do Fórum ALIANÇA LIVRE, em parceria com a ESA – Escola Superior de Advocacia, com painéis temáticos e ciclos de debates culturais abertos, em torno das visões por reformas projetadas no Ideário por Reforma Política e Eleitoral, e Modernização do Estado Republicano, recentemente lançado pelo Instituto, em sessão solene no Auditório da OAB-DF.

As entidades estudam protocolo de cooperação para organização conjunta do fórum, que ainda poderá reunir participação aberta do meio universitário, centros acadêmicos, pós-graduandos e formandos, em especial das áreas de Sociologia, Ciências Políticas, Administração Pública, Direito Constitucional e Eleitoral, Engenharia da Computação, e Gestão de Redes de Telecomunicação, cogitando-se ainda da participação da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e outras organizações não-governamentais.

O objetivo do fórum é reunir conhecimento livre para desenvolvimento institucional de novo modelo de administração política de negócios públicos, aperfeiçoamento da democracia e modernização do sistema político e eleitoral. Trata-se de abordagem temática, cujos debates deverão ser pragmáticos, com princípio, meio e fim, começando por questionar o papel clássico do estado e o modelo de administração republicana do Século XVIII, diante dos desafios de administração política do Século XXI.

Os debates serão conduzidos sob perspectiva de quem paga a conta dos gastos públicos, a população contribuinte, e, ao exame de adequação política das visões projetadas, seguir-se-á abordagem técnico-jurídica das visões politicamente reconhecidas de interesse público, para o exame de impacto da reforma sobre o ordenamento político-jurídico atual, para conseqüente proposição de anteprojetos de lei, visando à implantação das reformas.

A organização tem o propósito de compartilhar, repercutir e enriquecer os debates temáticos, simultaneamente, em rede nacional, utilizando meios de multimídia, através de foros virtuais e presenciais, vídeo conferências e debates televisivos, de forma coordenada.